Folie à Deux

[ENG] Folie à Deux wishes to create a visual labyrinth of images and clues, inviting the viewer to make his own conclusions about a series of six murders. The essay uses contemporary imagery, archive imagery and snippets of text to create this crime narrative, in which the viewer can play the role of the investigator inside the crimes presented. The game between fiction and reality is constant in this project. There’s an incentive to the viewer to question every picture in front of him, filled with small clues that reveal the mischievous structure of the series.

[PT] Folie à Deux se propõe a criar um labirinto visual de imagens e pistas, convidando o espectador a tirar suas próprias conclusões sobre uma série de seis assassinatos. O ensaio se vale de imagens contemporâneas, imagens de arquivo e pequenos textos para construir esta narrativa criminal, na qual o espectador deve se colocar como investigador diante dos crimes apresentados.
O jogo entre realidade e ficção é constante neste trabalho. Há um incentivo para que o espectador questione cada imagem à sua frente, buscando decidir se o fato apresentado é real ou fictício. Assim, o ensaio tenta explorar os limites fotográficos na construção de uma ficção e lidar com uma série de desafios na construção da narrativa fotográfica.

Date
2015-2016