De todas as estátuas que encontrei apenas uma sabia dizer eu te amo

[PT] De todas as estátuas que encontrei apenas uma sabia dizer eu te amo, é um diário visual que busca, em um espaço urbano e noturno, refletir o estado de espírito de seu autor. As imagens da série foram feitas em um momento de especial vulnerabilidade econômica e mental, em que o hábito de vagar instintivamente para fotografar à noite era o único alívio para essa situação.
Essa pulsão gera um conjunto complexo de imagens, do emergem repetições e motivos que se tornam guias dentro do labirinto visual em que o autor está preso. Essa estrutura enigmática se assemelha ao processo frustrado de sair do estado depressivo, que nem sempre seguiu caminhos objetivos.

[EN] Of all the statues that I found only one could say I love you, is a visual diary that seeks – in an urban and nocturnal space – to reflect the state of mind of its author. The images in the series were taken at a time of special economic and mental vulnerability, when the habit of wandering instinctively to photograph at night was the only relief for this situation.
This drive generates a complex set of images, from which repetitions and motifs emerge, becoming guides within the visual labyrinth in which the author is trapped. This enigmatic structure is similar to the frustrated process of leaving such a depressed state, which does not follow objective paths.

Date
2017-2019